NOTÍCIAS

Especialistas da COOTES apresentam técnica para cirurgia do ombro 02/03/2021

Especialistas da COOTES apresentam técnica para cirurgia do ombro

Dois especialistas da COOTES, Dr. Bernardo Terra e Dr. Tannous Jorge Sassine, divulgaram recentemente um importante estudo para tratamento de lesões extensas ou irreparáveis, no manguito rotador, ou seja, lesões no tendão do ombro.

O trabalho – desenvolvido em parceria com os pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Dr. Benno Ejnisman, Dr. Alberto Pochini e o Dr. Paulo Belangero – é o descritivo de uma técnica em que se usa o tendão do cabo longo do bíceps, tanto para mimetizar a capsula superior quanto servir de enxerto local para o manguito rotador.

Bernardo Terra explica que os tendões do manguito rotador são de grande importância para os movimentos e estabilidade da articulação do ombro. “Nós já utilizávamos algumas técnicas para tratar tendões com lesões muito grandes, ou quase irreparáveis. Contudo, nessa nova técnica que estamos apresentando, utilizamos a artroscopia, que é um procedimento minimamente invasivo, se comparado à uma cirurgia aberta. Com isso, ao lesar menos estruturas, o pós-operatório tem respostas inflamatórias menores, o que proporciona uma recuperação mais célere e, consequentemente, um retorno mais rápido às atividades laborativas e físicas”.

O especialista capixaba também ressalta que uma outra grande diferença é que as técnicas existentes costumam utilizar enxertos provenientes de outras áreas do corpo, como a fáscia lata, que é um tecido profundo localizado na musculatura da coxa, procedimento que muitas vezes deixa a área muito dolorida. Nessa nova técnica, o enxerto utilizado é autólogo, ou seja, utiliza-se um tecido retirado do mesmo local da cirurgia, no caso, do próprio tendão do bíceps.

Segundo o pesquisador Tannous Jorge Sassine o estudo teve início em meados de 2019 com a estruturação de todos os protocolos e referências bibliográficas existentes. A pesquisa foi apresentada e referendada agora no final de 2020 como uma nova técnica de eficiência comprovada e que já pode ser utilizada, conforme o descritivo apresentado. Contudo, os pesquisadores ainda irão trabalhar em mais duas fases da pesquisa para dar um embasamento melhor ainda acerca da eficiência da técnica.

“Na segunda fase, apresentaremos uma publicação com o resultado do acompanhamento de uma série de casos, incialmente 16 pacientes ao todo, que estão distribuídos por São Paulo, Salvador, Curitiba, Brasília, Fortaleza e aqui, no Espírito Santo. A terceira fase será um comparativo dessa nova técnica em relação a outras utilizadas para esta lesão”, explica Tannous.

As duas fases restante do estudo deverão ser concluídas em três anos. A nota técnica apresentada pelos pesquisadores, cujo título em português é “Reconstrução parcial artroscópica da capsula superior usando o tendão do cabo longo do bíceps” pode ser conferida, em inglês, clicando AQUI.

 

BUSCA

OUTRAS NOTÍCIAS

PARCEIROS

COOTES

R. Abiail do Amaral Carneiro, 191, Ed. Arábica - Sala 607/608, Enseada do Suá, Vitória/ES, 29.050-535

27 99254-2742
27 3325-3183
© 2021 - Todos os direitos reservados Balaio Design + Estratégia