NOTÍCIAS

Especialistas da COOTES fazem blitz para examinar a coluna de estudantes das escolas públicas 24/07/2017

Especialistas da COOTES fazem blitz para examinar a coluna de estudantes das escolas públicas

Livros, cadernos e apostilas enchem as mochilas dos estudantes; e este peso, carregado por eles diariamente, há muito tempo preocupa pais e profissionais da saúde. Por isso, um grupo de especialistas da COOTES, que também faz parte da Sociedade Brasileira de Ortopedia (SBOT), iniciou uma blitz para examinar a coluna de estudantes de escolas públicas municipais e estadual do Estado.

O especialista Charbel Jacob Júnior disse que este projeto é uma iniciativa da SBOT e da Sociedade Brasileira de Coluna (SBC) que vem sendo executado em nível nacional. O intuito é coletar dados e recolher amostras para detectar possíveis problemas de coluna em crianças e adolescentes, para posteriormente tratá-los. “Já estivemos em duas escolas e faltam outras 48 escolas de vários locais do Estado para atingirmos o número de 1.500 crianças e adolescentes avaliados”.
Dados compilados da pesquisa nacional já apontam que 10% da população de crianças e adolescentes são afetados com problemas de desvios posturais. Destes, 3% já apresentam desvios estruturais como escoliose, lordose e cifose. “São desvios que se não forem tratados podem levar a problemas mais sérios. Por isso, necessitam de um tratamento mais criterioso, com acompanhamento médico e, dependendo do caso, cirurgia”, informa Charbel.

A equipe que percorre as escolas do Estado é composta por cinco cirurgiões de coluna, sete residentes, três fisioterapeutas e alguns acadêmicos. Confira abaixo algumas dicas destes profissionais na hora de escolher o modelo e de utilizar a mochila.
• Escolha mochilas de alças acolchoadas, firmes e reguláveis, com largura mínima de 4cm;
• Modelos com cinto abdominal ajudam a equilibrar o peso.
• Prefira mochilas feitas especialmente para crianças, pois possuem material mais leve;
• O comprimento deve ser do tamanho do tronco da criança. A parte inferior deve ficar até 5 cm abaixo da linha da cintura
• O espaço entre a mochila e o corpo da criança deve ser mínimo.
• O peso da mochila não deve ultrapassar 10% do peso da criança;
• Materiais mais pesados devem ser colocado no centro e próximo às costas.

 

BUSCA

OUTRAS NOTÍCIAS

COOTES

R. Abiail do Amaral Carneiro, 191, Ed. Arábica - Sala 607/608, Enseada do Suá, Vitória/ES, 29055-220

27 3325-3183
© 2017 - Todos os direitos reservados Balaio Design + Estratégia