NOTÍCIAS

COOTES apoia o Maio Amarelo e promove estudos de trauma em acidentes de trânsito 15/05/2018

COOTES apoia o Maio Amarelo e promove estudos de trauma em acidentes de trânsito

Você já conhece o Outubro Rosa e o Novembro Azul, mas já ouviu falar do Maio Amarelo? O movimento, nascido em 2014 e coordenado pelo Poder Público e a sociedade civil, tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2009, cerca de 1,3 milhão de pessoas morreram em acidentes de trânsito, e outras 50 milhões sofreram acidentes que deixaram sequelas. São três mil vidas perdidas por dia, e entre jovens de 15 a 29 anos de idade, representa a maior causa de mortes no mundo. Se nada for feito, a OMS estima que 1,9 milhão de pessoas devem morrer no trânsito até 2020 e 2,4 milhões até 2030, que significa uma estimativa anual entre 20 e 50 milhões de sobreviventes com traumatismos e ferimentos.

O mês de maio foi escolhido para o movimento por ter se tornado uma referência mundial do tema, desde que a Organização das Nações Unidas (ONU), em 11 de maio de 2011, decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A cor amarela, por sua vez, representa atenção e faz alusão à sinalização de advertência no trânsito.

Em todo o Brasil, empresas e instituições realizam ações para apoiar o Maio Amarelo, como passeios ciclísticos, iluminação de monumentos e campanhas de conscientização. “A COOTES acredita na importância dessas ações e na mudança de comportamento para a prevenção de acidentes. Por isso estamos divulgando a campanha a fim de conscientizar ainda a população de que o trânsito é feito de pessoas, sobre a importância de mudarmos essas tristes estatísticas”, salienta o presidente da COOTES, Tercelino Hauttequest Neto.

Neste mês, além de ações sociais de conscientização e prevenção, estão sendo realizados diversos encontros entre profissionais e acadêmicos para estudos de traumatologia relacionados ao contexto de acidentes de trânsito. “Como médicos traumatologistas, atendemos vítimas de acidentes todos os dias em hospitais e buscamos o aperfeiçoamento de técnicas e conhecimentos que nos permitam cuidar dessas pessoas da melhor maneira possível”, informa Thiago Maia, um dos responsáveis pela organização desse cursos pelo Núcleo de Assistência e Formação (NAF).

 

Fonte: COOTES

BUSCA

OUTRAS NOTÍCIAS

PARCEIROS

COOTES

R. Abiail do Amaral Carneiro, 191, Ed. Arábica - Sala 607/608, Enseada do Suá, Vitória/ES, 29.050-535

27 99254-2742
27 3325-3183
© 2018 - Todos os direitos reservados Balaio Design + Estratégia