NOTÍCIAS

Chega de Acidentes inaugura totem no Estado 08/03/2012

Chega de Acidentes inaugura totem no Estado

Em linha com as decisões globais para os anos de 2011 a 2020, período proclamado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como a Década de Ações pela Segurança no Trânsito, o movimento Chega de Acidentes já instalou, em seis capitais brasileiras, totens com um contador que estima o número de vítimas de acidentes de trânsito no Brasil desde 2009. E agora essa campanha chega ao Espírito Santo.

No Estado, o marcador será implantado na Rua Ceará, 768, próximo à guarita da Rodosol, na Terceira Ponte, em Vila Velha, e inaugurado no dia 16 de março, às 9h. O movimento chega ao Espírito Santo por meio de uma parceria da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – Regional Espírito Santo (SBOT-ES), do Centro de Experimentação e Segurança Viária (CESVI BRASIL) e da Seguradora Líder – DPVAT, com o apoio da Prefeitura de Vila Velha, da Cooperativa dos Ortopedistas e Traumatologistas do Estado do Espírito Santo (COOTES), dos Institutos Elos da Saúde (IES) e Vida e Movimento, e também da Rodosol.

Nos totens, os contadores estimam o número de vítimas fatais e internações decorrentes de acidentes de trânsito desde o ano de 2009, utilizando dados de mortalidade e morbidade – feridos internados – do Ministério da Saúde.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil ocupa o quinto lugar no mundo em relação ao número de fatalidades no trânsito, atrás apenas da Índia, China, Estados Unidos e Rússia. Por isso, essa iniciativa tem como propósito chamar a atenção da sociedade e das autoridades para o grande número de fatalidades no trânsito, e a emergência da criação e implantação de um Plano Nacional de Segurança Viária no Brasil.

Movimento Chega de Acidentes

As montagens dos totens fazem parte de uma das ações do movimento Chega de Acidentes, que foi criado, em 2009, pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (ABRAMET), Associação Nacional dos Departamentos de Trânsito (AND), Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), e CESVI BRASIL. A Seguradora Líder, administradora do seguro DPVAT – que indeniza vítimas de acidentes de trânsito, sem apuração de culpa -, além de apoiadora do Chega de Acidentes, é responsável pelo patrocínio dos totens.

O movimento tem por missão reunir e mobilizar diversos segmentos da sociedade em prol da elaboração e implantação de um Plano Nacional de Segurança Viária, com metas – ambiciosas e factíveis – e prazos de redução de vítimas de acidentes, para obter um trânsito mais seguro no país.

No site do movimento, um contador virtual estima a evolução da quantidade de vítimas fatais e não fatais no Brasil, e o impacto econômico dos acidentes e suas vítimas.Um abaixo-assinado pela redução da violência no trânsito está disponível no site do Chega de Acidentes, além de mais informações sobre a campanha:  www.chegadeacidentes.com.br

Sobre a Década de Ações para a Segurança no Trânsito

A ONU estabeleceu, durante sua Assembleia Geral, em 2 de março de 2010, a Década de Ações para a Segurança no Trânsito de 2011 a 2020 com a meta de estabilizar e reduzir acidentes de trânsito em todo o mundo. Na resolução adotada, os 192 países membros da ONU solicitam à OMS, em cooperação com outros parceiros, a elaboração de um plano diretor para guiar as ações nessa área durante os próximos dez anos.  E, ainda, que cada um desses países estabeleça suas metas nacionais para a redução de acidentes até o final do período correspondente à Década.

De acordo com o Relatório Global da OMS sobre a situação da segurança viária, primeira análise detalhada sobre 178 países que foi publicado em 2009, ferimentos causados por acidentes de trânsito permanecem um problema de saúde pública, principalmente nos países de média e baixa renda.

Segundo a OMS, o número de mortes em consequência de acidentes no trânsito chega a 1,3 milhões ao ano. E se não houver medidas dos governos, a perspectiva é que em 2020 esse número possa aumentar para 2 milhões. De acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde, o Brasil registra por ano cerca de 40 mil vítimas fatais em decorrência da violência no trânsito.

BUSCA

OUTRAS NOTÍCIAS

COOTES

R. Abiail do Amaral Carneiro, 191, Ed. Arábica - Sala 607/608, Enseada do Suá, Vitória/ES, 29055-220

27 3325-3183
© 2017 - Todos os direitos reservados Balaio Design + Estratégia